Digite sua pesquisa

Blog

A FÁBULA DO CUIDADOR – um livro lúdico

A FÁBULA DO CUIDADOR é um texto repleto de pensamentos positivos e de ensinamentos de vida. Marilice Costi produz uma deliciosa alegoria sobre as relações e os sentimentos, propondo ao seu leitor a crença nos próprios sentimentos e nos próprios sonhos, estimulando-o a fazer, tal qual a Edelvais: sair em busca deles. (Jane Tutikian, escritora […]

OUTRA IDADE

OUTRA IDADE              Marilice Costi O contorno de outras rugas faz meus olhos perderem a timidez e farejar o caminho   Copyright@MariliceCosti_1984 ___________ O poema acima foi meu primeiro prêmio em poesia – Menção Honrosa, Concurso Petrobrás de Literatura, 1984. Eu caminhava em São Paulo, ia atravessar a rua e a frase veio pronta. Parei […]

DA FALTA DE ABRAÇO

Copyright@MariliceCosti_2008   esbaforidos desejos em tempo de viver a antimortandade em escondido compreender sentido na vontade de correr pras malas e não conter as asas de voo e de prazer   lavado olhar escorre em ressecado tempo mistérios de interiores em mapas astrais agrega aroma em conto enluarado nas arcas sementeiras de edelvais   ao […]

AOS SOBREVIVENTES

  Quietos?  No miolo do desrespeito impune? É veste vermelha na criança! É alguém que grita verde-amarelo? É fogo em acampamentos? É “vamos às armas”? Não conheço mais o meu país! Sou clima interno de exceção. Sou noite em busca eterna de abraços. Mulheres agredidas porque habemus presidenta?   Não mais Esquadrão da Morte! Não […]

SANTOS ÓLEOS

  adocicar o tempo e encaixar realidades do viver? gravidez de possibilidades oceano de desejos – um amor   côncavo-convexo, o tempo carrossel dança de memórias estações no olhar de auroras um tom cetim em concha e miscelâneas de arco-íris em sons de rochas acolheram ondas, enroscaram a voz floração de escrita entrecortada o alveolar […]

SINTOMAS DA ALMA

Copyrigh@Marilice Costi_2018 tanta empatia em um coração cansado de imagens, tão excesso   são mais profundidades cada vez em menor tempo são cada vez mais olhares   nesta vez maior é o medo?   a idade quase no além possui visões a mais nas pernas a menos   nas tentativas de controle das horas do […]

ÀS MULHERES de mi vida

Magros corpos escorridos ou redondos seios de acolhida, ouvidos moucos ou atentos de colo, bocas grandes ou pequenas de afagos, olhos de muitas ou poucas verdades, interestelares fios de afeto e celulares, muitas em uma só, uma só em muitas, são todas e únicas, comuns e singulares, meus pares de hormônios, terapeutas e irmãs, mães, […]

VAI MULHER!

VAI MULHER!  reconhece tua dor recupera tua força reencontra teu medo reescuta teu grito respeita teu pranto reestuda teu canto recusa tua farsa respira teu corpo revive teu posto ressuscita tua alma redescobre teu vulto recusa a angústia revela o teu silêncio e descobre a cabeça.   In: Mulher Ponto Inicial. Porto Alegre: Movimento, 1985, […]

FACEBOOK: A coragem atrás da cortina

Costumo dar uma espiada nas postagens em grupos de familiares no Facebook. Muitas vezes encontro assuntos interessantes, onde posso participar e ajudar. Atualmente, vem me chamando a atenção, a crítica nos comentários.    Dessa vez, o assunto era sobre a escrita de uma mãe. Ela informava sobre as dificuldades do filho, que tinha autismo leve […]

AS BODAS DA RAZÃO COM O CORAÇÃO

Para que a gente escreve, se não é para juntar nossos pedacinhos? Desde que entramos na escola ou na igreja, a educação nos esquarteja: nos ensina a divorciar a alma do corpo e a razão do coração. Sábios doutores de Ética e Moral serão os pescadores das costas colombianas, que inventaram a palavra sentipensador para definir a linguagem que diz […]